segunda-feira, 2 de novembro de 2015

I concurso de monografia do FGTS




Idealizado e instituído pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS, o concurso tem a finalidade de estimular a pesquisa sobre temas que contribuam para o contínuo aperfeiçoamento do modelo brasileiro de financiamento com recursos do Fundo de Garantia, especialmente sob os enfoques social, jurídico e econômico, reconhecendo trabalhos de qualidade e de aplicabilidade ao FGTS.

O prêmio será concedido em três categorias: Profissionais, Universitários e Trabalhadores Beneficiados pelo FGTS. Poderão concorrer trabalhos individuais, de candidatos de qualquer nacionalidade, observados os requisitos próprios de cada categoria de disputa.

Temas:
1. Contribuições do FGTS para a transformação social e/ou desenvolvimento sustentável do Brasil
2. Aspectos legais ou jurídicos do FGTS

Categorias:
1. Profissionais
2. Universitários
3. Trabalhadores Beneficiados pelo FGTS


Premiação:
- R$ 20.000,00 - 1º colocado em cada categoria
- R$ 10.000,00 - 2º colocado em cada categoria
- Certificado de vencedor
- Publicação da monografia 






Regulamento, aqui.











domingo, 1 de novembro de 2015

DIFERENÇA ENTRE ANEXO E APÊNDICE



 

A NBR 14724 fala sobre a apresentação do trabalho acadêmico. São trabalhos acadêmicos as monografias, TCCs, teses, dissertações entre outros.



Neste momento queremos tratar de dois pontos importantes desta norma, que são o apêndice e o anexo. Estes são elementos considerados pós-textual de um trabalho acadêmico, ou seja, ficam no final do texto, após a lista de referencias. De modo geral, os anexos são trazidos de fora (modelos, exemplos, fotos, ilustrações) para o texto acadêmico, já os apêndices são construções do autor (questionário, esquemas, roteiros, ilustrações próprias). 



Anexo



Elemento opcional. O(s) anexo(s) são identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas, na identificação dos anexos, quando esgotadas as 23 letras do alfabeto. Texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de fundamentação, comprovação e ilustração. 


ANEXO A – Representação gráfica de contagem de células inflamatórias presentes nas caudas em regeneração – Grupo de controle I (Temperatura...)



ANEXO B – Representação gráfica de contagem de células inflamatórias presentes nas caudas em regeneração – Grupo de controle II (Temperatura...)  





Apêndice



Elemento opcional. O(s) apêndice(s) são identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas na identificação dos apêndices, quando esgotadas as 23 letras do alfabeto. Texto ou documento elaborado pelo autor, a fim de complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho.





APÊNDICE A – Avaliação numérica de células inflamatórias totais aos quatro dias de evolução



APÊNDICE B – Avaliação de células musculares presentes nas caudas em regeneração




Fonte: NBR 14724 - Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Elaboração de TCC e afins



Quebra de sessão - Formatando o TCC

Depois do trabalho digitado, coloque o cursor do mouse na ultima letra da página, e vá em quebra conforme imagem abaixo.

 

Em seguida dê dois cliques no espaço destinado ao cabeçalho, deixando-o editável, e insira a numeração.  Observa-se na imagem abaixo que o Word já reconhece duas sessão do texto.


sábado, 26 de setembro de 2015

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC


O Trabalho de conclusão de curso pode ser elaborado em conformidade com o esquema abaixo:


Não deixe de utilizar as normas da ABNT ou aquelas exigidas por sua faculdade!

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Consultoria Acadêmica - Serviços


Realizo Revisão, Formatação e Normalização de Trabalhos Acadêmicos e Documentos segundo normas ABNT.

Interessados, entrar em contato: 031 9203-4246!


terça-feira, 1 de setembro de 2015

Fontes de Informação - tipologias, conceitos



CATIVO, Jorge. Fontes de Informação: conceitos e tipos. Biblioteconomia Digital, 2012.Disponível em: http://biblioteconomiadigital.blogspot.com.br/…/fontes-de-i…. Acesso em 01 set. 2015



Definições:
Fontes de Informação
São os meios utilizados para equacionar problemas informacionais estabelecidos pelo esforço de converter as necessidades em resultados práticos através das diversas formas de conhecimento.


Fontes Primárias 
 
Novas Informações ou novas interpretações de idéias. Registros de Observações; Descrição.
“[...] são fatos vindos diretamente da fontes e não adulterados [...]. É uma informação que não pode ser mudada, alterada ou disfarçada por opiniões ou seleções” (BRASILIANO, 2005, p. 6-7);
Exemplos: 
Congressos e Conferências 
Legislação 
Nomes e Marcas Comercias
Normas Técnicas
Patentes
Periódicos
Projetos e Pesquisas em andamento
Relatório Técnicos
Teses e Dissertações
Traduções


Fontes Secundárias

“Contêm, informações sobre documentos primários e são arranjados segundo um plano definitivo; são, na verdade, os organizadores dos documentos primários e guiam o leitor para eles” (CUNHA, 2001, p. ix);
Exemplos:
Base de dados e Banco de Dados
Bibliografias e índices
Biografia 
Catálogos de Bibliotecas
Centros de Pesquisas e Laboratórios
Dicionários e Enciclopédias
Dicionários Bilíngües e Multilíngües 
Feiras e Exposições
Filmes e Vídeos
Fontes Históricas 
Livros
Manuais


Fontes Terciárias
 
Têm como função principal ajudar o leitor na pesquisa de fontes primárias e secundárias, sendo que, na maioria, não trazem nenhum conhecimento ou assunto como um todo, isto é, são sinalizadores de localização ou indicadores sobre os documentos primários ou secundários, além de informação factual [...] (CUNHA, 2001, p. ix).

Exemplos:
Bibliografia de bibliografia
Bibliografia e Centros de Informação
Diretórios
Financiamento e Fomento à pesquisa
Guias Bibliográficos
Revisões de Literatura



REFERÊNCIAS:

BELLUZO, Célia Regina Baptista. Novas Condutas de Gestão em serviços de Informação. São Paulo: USP/SIBi, 2003.Disponível em: . Acesso em: 10 de outubro de 2006.
CUNHA, Murilo Bastos da. Para saber mais: fontes de informação em ciência e tecnologia. Brasília: Briquet de Lemos, 2001.
LE COADIC, Yves. A ciência da Informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Norma para Dadar


NBR 5892:1989 - Norma para Datar


Esta Norma fixa as condições exigíveis para indicação da data de um documento ou acontecimento.


terça-feira, 31 de março de 2015

Definindo o tema do TCC

Fazer uma monografia de sucesso é possível, basta dedicação, amor ao que se faz e seguir normas e procedimentos específiocos.


 Dedicação é a chave do sucesso. "Nem todos que tentaram conseguiram, mas o que conseguiu tentou", e não só uma vez, mas duas, três... O estudante não pode desanimar diante das primeiras frustrações. Força, fé e foco!

Amor ao que se faz dá sabor especial à vida. Assim, quando for trabalhar seu TCC lembra-se de escolher um tema que tem haver com os seus interesses, e que ao mesmo tempo, seja um tema interessante, que faça valer a pena. É necessário fazer um mix de desejo pessoal e necessidade acadê4mica/mercado.


O tema do TCC é o assunto geral do trabalho. Em educação, por exemplo. você pode gostar da área de Biblioteca Escolar. Neste sentido, pode-se pensar em vários outros sub-tema dentro deste assunto. Uma ideia seria: Formação do aluno e a Biblioteca de escolas públicas. O tema do trabalho pode entrar, inclusive, como título do mesmo, se assim o aluno preferir.

Diante do tema escolhido o aluno deve trabalhar os assuntos específicos ligados ao seu tema. No caso do nosso exemplo, poderia ser: Educação pública, Biblioteca escolar e processo ensino aprendizagem do aluno na escola.

Fique atento também se há literatura sobre o assunto que vai trabalhar. 

Leia bastante!

Para trabalhar seu TCC busque ajuda de um bom profissional. Tenha como tutor um orientador, professor, cuja temática é conhecida. Ele irá ajudar na construção do texto, articulação das ideias e na busca e organização das informações no texto.


terça-feira, 24 de março de 2015

Previna-se




Não fique na mão, faça sempre que possível backup dos seu dados. 

Quando estiver desenvolvendo seu TCC tenha cópias da cada versão salva em seu pc, e em outras mídias.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Elementos Pós Textuais - Anexo e Apêndece


Elementos pós textuais


Devem aparecer no final do trabalho, após o texto. 

O anexo e o apêndice é um elemento pós textual, que não é obrigatório.

O anexo é uma fonte externa, este elemento é um consultado, que não foi redigido pelo autor do trabalho em questão. Já o apêndice é original do trabalho, ou seja, o autor quem a esquematizou ou a construiu.

NBR 14724 – Information and documentation


Ambos elementos são provas documentais do projeto de pesquisa.

São exemplos de anexos e apêndices: questionários, roteiros, esquemas e outros.